Atualmente está cada vez mais comum falar sobre o uso de dados na educação. Mas o que seriam esses dados e qual a importância deles? Para saber mais sobre o assunto, a coordenadora geral e pedagógica do Ensino Médio, Claudia Blanco, foi convidada para um bate papo no terceiro episódio do Ranicast. 

  • O que são os dados?

Primeiramente, é preciso esclarecer o que são esses dados. Desde 2016, o Colégio Ranieri é parceiro da Geekie, uma empresa inovadora de educação responsável pelo material didático 100% digital. O material fica em uma plataforma de conteúdo onde os alunos estudam, realizam exercícios e recebem um relatório de desempenho. “É uma ferramenta para os alunos, para as famílias e para os professores que conseguem medir o aprendizado e a evolução do aprendizado de cada um”, explica Cláudia.

É interessante que o mesmo relatório tem um papel diferente para cada um: para o aluno, os dados dão um direcionamento de suas habilidades e dificuldades, além de facilitar a elaboração de um plano de estudos. Para a família, os resultados possibilitam que o desenvolvimento do aluno seja acompanhado, dando margem para ajuda ou até cobrança. Já para a escola, os dados são um indicador da eficácia do plano de aula, da abordagem, pois é possível analisar se é uma dificuldade pontual ou da sala como um todo.

  • O Colégio Ranieri e o Geekie

Como dito anteriormente, a parceria do colégio com a plataforma Geekie é construída desde 2016, quando a ferramenta ainda era uma novidade e apenas 8 escolas do país a utilizavam. Inicialmente, o Ranieri usava a plataforma somente para o recurso de simulados para os alunos do Ensino Médio, porém, ao ver uma melhora geral no desempenho das turmas, estendeu para os alunos dos anos finais. Após 6 anos de parceria, a partir de 2022, o uso da plataforma será estendido para os alunos desde os anos iniciais.

Mas, atualmente, qual o uso do Geekie no Ranieri? A plataforma entra como substituta do material didático: agora é um material 100% online em constante atualização. “Diferentemente de materiais impressos, os livros online bem mais fluído, podendo trazer temas atuais como a pandemia para dentro de sala”, comenta Cláudia, “Além disso, o fato dos alunos estarem acostumados com o material online fez com que a transição momentânea para o ensino à distância fosse mais fácil.”

  • Como os dados são utilizados pelos alunos, responsáveis e professores

Além do material didático, o conteúdo, o Geekie One ainda tem uma variedade de exercícios e materiais de apoio. Após a realização dos exercícios, relatórios são disponibilizados para os alunos, famílias e professores. Como citado anteriormente, os alunos conseguem ver suas habilidades e dificuldades, e mais, a plataforma ainda o auxilia a montar o plano de estudos apontando onde encontrar as videoaulas e todos os exercícios extras necessários para melhorar o desempenho. Os pais têm acesso a esse relatório na íntegra e conseguem ajudar os filhos com quaisquer necessidades, e também conseguem avaliar a origem da dificuldade, se é uma questão de tempo ou de falta de estudo.

Já para os professores e para o colégio, os dados têm um papel essencial, visto que vai ser um referencial para averiguar a eficácia da abordagem em sala e do plano de aulas, além de auxiliar os professores a solucionar essas questões, principalmente se forem da classe como um todo. Com acesso a todas essas informações, a escola consegue encontrar soluções para quaisquer problemas e melhorar ainda mais a qualidade do ensino.

  • Simulados Geekie

Ainda, para dar um norte, o Geekie disponibiliza um simulado avaliatório no início do ano letivo para avaliar o nível de conhecimento dos alunos, garantindo que os professores já saibam as maiores dificuldades da turma como um todo e podendo adaptar o plano de aulas de acordo com as necessidades. Ao final do ano letivo, aplica-se novamente um simulado avaliatório que, além de ver o quanto o aluno sabe, também consegue observar a evolução de cada um.

Esses simulados são muito importantes pois, além de trazer esse ensino personalizado, os alunos do Ensino Médio já são expostos a questões de vestibulares. No terceiro ano do Ensino Médio também são aplicados simulados do ENEM. Assim os alunos se preparam para o exame nacional, possibilitando melhor desempenho.