Um dos momentos mais difíceis é decidir qual caminho seguir com a volta ao trabalho. É comum os pais optarem entre os avós, babá ou berçário. Para falar desse assunto, convidamos nossa Coordenadora Pedagógica Dani Mazoca.

Babá X Berçário: qual a melhor opção para a família após a licença maternidade?

No bate papo de hoje, trouxemos a coordenadora pedagógica Daniela Mazoca para falar um pouco sobre a escolha dos pais entre babá ou berçário após o fim da licença maternidade. É importante, antes de qualquer decisão, respeitar o tempo da família e da criança, tanto em relação ao tempo que a mãe tirou para ficar em casa quanto o tempo da criança até ir para uma escola.

Pais e babás:

As opções mais comuns hoje são (1) a contratação de uma babá, (2) matricular o filho no berçário ou (3) a criança ficar sob os cuidados dos próprios pais e/ou avós. Caso os pais decidam deixar de lado a vida profissional e ficar com a criança, é importante ressaltar que é uma grande responsabilidade e algo que exige 100% da dedicação.

Muitos pais, hoje, voltam a trabalhar e acabam por decidir entre uma babá ou um berçário. Ao contratar uma babá, é importante escolher alguém de confiança, pois será uma pessoa que ficará na sua casa e cuidará de seu bem mais precioso, o seu filho. Uma das maiores vantagens de optar pela babá é que ela vai seguir a agenda estipulada pelos pais. Os horários de refeições, higiene e etc. serão estabelecidos pelos pais e dificilmente haverão imprevistos.

Berçários:

Já num berçário, a criança estará assistida por diversos profissionais qualificados que irão auxiliá-la a todo tempo. Porém, a rotina seguida é a que é estipulada pela escola. Mas não é razão para se preocupar! A rotina do berçário é totalmente pensada para o bem-estar das crianças e o fato de elas estarem em um espaço diferente com outras crianças garante o desenvolvimento emocional e social daquele bebê.

No Ranieri, cada andar é dedicado para uma faixa etária garantindo que os cuidados sejam totalmente direcionados para cada criança. Bebês menores precisam de mais tempo de descanso, têm diferentes necessidades alimentares – toda a rotina é adaptada!

Processo de adaptação:

Quando falamos sobre matricular um bebê no berçário, muitas dúvidas e medos surgem, principalmente para pais de primeira viagem. “Será que meu filho está bem? Ele comeu? Será que está sendo bem cuidado?” São dúvidas muito válidas, mas o Ranieri tem toda uma estrutura para ajudá-los!

Ao ingressar na escola, há um total acolhimento da família e um processo de adaptação sem prazos. Ou seja, os pais podem ficar nas dependências da escola, acompanhar certas atividades como a hora da refeição, até que se sintam confortáveis e seguros para deixarem o filho lá. Esse processo de adaptação também serve para a escola entender a rotina da criança, saber sobre a dinâmica familiar ao invés de forçar a criança a se adaptar em outro ambiente. É tudo no tempo da família, até porque quanto mais confiantes estão os pais, mais tranquilo será esse período para a criança.

A equipe do Ranieri:

O Ranieri conta com uma equipe e um espaço preparado para receber e cuidar de cada criança. Cada faixa etária tem sua rotina com os horários de refeição, descanso e banho adaptados, preocupando-se sempre com o desenvolvimento cognitivo, motor, social e emocional da criança.

A equipe é altamente qualificada e preparada para oferecer o melhor para o seu filho: contamos com professores de música e educação, além de profissionais da área de pedagogia para ajudar com o desenvolvimento de todas as habilidades da criança. Além disso, há uma nutricionista que elabora todo o cardápio de todas as faixas etárias de acordo com suas necessidades alimentares e berçaristas que vão ser essenciais principalmente no momento da alimentação e da higiene.

Também temos uma enfermeira e auxiliares de enfermagem que cuidam da área da saúde. Então, caso seu filho precise de um medicamento específico, serão elas quem irão ministrar a quantidade e os horários, sob orientação do pediatra da criança.

O Berçário Ranieri:

O ambiente do berçário do Ranieri oferece tudo o que os pais e as crianças precisam. Há uma enfermaria com profissionais para cuidar de eventuais problemas de saúde, além de ministrar medicamentos, e uma cozinha que garante o armazenamento da fórmula (para crianças que não se alimentam mais do leite materno) mantendo o padrão de qualidade.

Para as crianças que ainda precisam do leite materno, contamos com um lactário e uma aconchegante sala de amamentação para as mães que têm a disponibilidade de irem até o berçário para amamentar. Se não houver a possibilidade, sem problemas! Temos uma lactarista que prepara todos os sucos e leites das crianças e a família pode entregar o leite materno no início do período diário da criança que será armazenado e dado no horário estipulado.

Lembrando que todos os cuidados com cada criança será respaldado nas instruções dos respectivos pediatras!

Comunicação do berçário com os pais:

Os pais podem ficar tranquilos quanto à atualização da rotina e do bem-estar de seus filhos. O Ranieri conta com uma agenda virtual onde há uma comunicação imediata com a família. Com a agenda digital, é possível ver o registro do cardápio das refeições das crianças e da aceitação dos alimentos, dos horários que a criança dormiu e do banho. Esse contato imediato também é importante para a escola comunicar o que precisa ser levado no dia seguinte, como mais pomadas, fraldas, entre outros itens, se necessário.

Além disso, todas as atividades são fotografadas e compartilhadas com as famílias. Assim, os pais terão acesso completo ao dia a dia de seus filhos, ficando mais tranquilos acerca da separação.

Vantagens educacionais dos berçários:

Por estarem constantemente em um espaço diferente, em contato com outras crianças e pessoas fora do ciclo familiar, as crianças que passaram pelo berçário tendem a ter suas habilidades sociais mais desenvolvidas do que crianças que entram na escola direto na Educação Infantil.

Além disso, a criança que esteve no berçário teve maior exposição a estímulos lógicos e cognitivos, coisa que também será mais desenvolvida.

Contudo, é importante enfatizar que todas as crianças desenvolverão essas habilidades dentro do ambiente escolar. Cada aluno tem seu tempo!

Quer ver ou ouvir o bate papo na íntegra? Confira o RaniCast em vídeo ou em podcast!